Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data
O Halloween é uma data bem antiga e muito difundida em países de língua anglosaxônica. Os celtas colocavam em suas portas caveiras, ossos decorados e abóboras para espantar os maus espíritos.

Graças aos filmes e a mídia, o Halloween é visto erroneamente como uma data malígna e ocultista, porém não existe ligação da festa com o mal. No Halloween atual, podemos notar muitos elementos ligados ao folclore, fantasias, gatos pretos, vampiros e fantasmas que não tem nada a ver com a realidade pagã. Se você quer saber um pouco mais sobre a história do Dia das Bruxas e suas lendas, aperte o player especial de Halloween do blog e curta o texto! ;)

O Dia das Bruxas (ou Halloween) é um evento tradicional com bastante relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, comemorado todos os anos no dia 31 de Outubro. Teve origem nos antigos povos da Grã-Bretanha e Irlanda, no Festival Celta de Shamhain, e originalmente a data não tinha nada a ver com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa “fim do verão”).

“Halloween” é na verdade uma versão curta da palavra “All Hallows’ Even” (Noite de Todos oos Santos), a véspera do Dia de Todos os Santos (All Hallows’ Day). “Hallow” é uma palavra do inglês antigo que significa “pessoa santa” e o dia de todas as “pessoas santas” é somente um outro nome para o Dia de Todos os Santos. Com o tempo, as pessoas passaram a se referir ao “All Hallow’s Even” como “Halloween”. Algumas bruxas acreditam que a origem do nome vem da palavra “Hallowinas”, nome dado às guardiãs femininas do Saber Oculto das Terras do Norte (Escandinávia).

Existem várias teorias para a data ser comemorada no dia 31 de Outubro. Alguns dizem que esse é um dos dias de descanso das bruxas no calendário celta, outros dizem que é o tempo da morte e ressurreição da terra. Para os druídas, seria a noite que os espíritos dos mortos retornavam e precisavam de agrados para não atormentarem os vivos. Já para outros, é nessa data que os espíritos dos mortos viriam se apossar dos corpos dos vivos e estes, por sua vez, usavam abóboras, caveiras e ossos para assustá-los. Ao se tornar uma festa pagã, a Igreja Católica proibiu a comemoração na Idade Média e passou a chamar de Dia das Bruxas.

O “Jack-o’lantern’ é o apelido da abóbora iluminada feita de enfeite no Halloween. Durante três dias, os Celtas acendiam velas dentro de uma abóbora para indicar o caminho àqueles que eles acreditavam serem visitados por seus parentes e receber o perdão daqueles que eles haviam feito sofrer.

Segundo a história do folclore irlandês, um homem alcoólatra e mal educado chamado Jack (“Jack Miserável”, como foi apelidado), em um dia 31 de outubro, bebey excessivamente e o diabo veio levar a sua alma. Desesperado, Jack implorou por mais um copo de bebida e o diabo concedeu, mas o “Jack Miserável” não queria pagar a seu último trago, então convenceu o Demônio a se transformar em uma moeda que Jack usaria para pagar as bebidas. O diabo concordou, e Jack decidiu pegar o dinheiro e colocá-lo em seu bolso ao lado de uma cruz de prata, o que impediu o Demônio de mudar em sua forma original. O diabo implorou para que Jack o deixasse sair, mas Jack só aceitaria sob a condição de que ele não o incomodaria durante um ano e que se ele morrese, ele não pediria a sua alma.

No ano seguinte, Jack o enganou de novo fazendo o  Diabo subir em uma árvore para pegar um pedaço de fruta. Enquanto ele estava em cima da árvore, Jack esculpiu um sinal da cruz na casca da árvore para que o diabo não pudesse descer, até que o Diabo prometeu ao Jack que não iria incomodá-lo por mais dez anos.

Pouco tempo depois, Jack morreu e, como ele era um homem muito repugnante, não permitiram a sua entrada no céu. O demônio também não aceitou a sua entrada no inferno, mas, para sacaneá-lo, enviou Jack para a noite escura, com apenas uma queima de carvão para iluminar seu caminho. Jack colocou o carvão em um nabo esculpido e tem vagueado pela Terra desde então. E é daí que os irlandeses começaram a se referir ao fantasma como “Jack da Lanterna” ou simplesmente “Jack O’ Lantern”.

As pessoas começaram a fazer suas próprias versões de Jack O’Lantern, esculpindo rostos assustadores em nabos e batatas e colocando-as em janelas para afugentar o Jack Miserável e outros espíritos malígnos. Na Inglaterra eles usavam beterrabas. Mais tarde, as pessoas descobriram que as abóboras eram ótimas para fazer as lanternas.

Segundo várias lendas, as bruxas se reuniam duas vezes por ano durante a mudança das estações (30 de abril e no dia 31 de outubro). Chegavam em vassouras voadoras e participavam de uma festa onde jogavam maldições e feitiços nas pessoas. Também diziam que para encontrar uma bruxa, era preciso colocar as suas roupas do avesso e andar de costas durante a noite de Halloween, e então à meia-noite você veria uma bruxa.

Também há lendas que dizem que bruxas podem transformar-se em gatos (por isso o gato preto é constantemente associado às bruxas) e algumas pessoas acreditavam que os gatos eram os espíritos dos mortos.

O “Trick Or Treat” (Gostosuras ou Travessuras) teve sua origem na Irlanda, onde as crianças iam de casa em casa com roupas extravagantes pedindo provisões para as comemorações de Halloween em nome da deusa irlandesa Muck Olla.

Hoje em dia (principalmente nos Estados Unidos), as crianças saem nas ruas fantasiadas, batendo de porta em porta pedindo doces e dizendo “Trick Or Treat?”. Quem não dá doces para elas pode ter uma surpresa não muito agradável, pois elas podem fazer alguma travessura.

Abóbora: simboliza a fertilidade e a sabedoria;

As velas: indicam os caminhos para os espíritos;

O caldeirão: fazia parte da cultura e é peça fundamental na decoração. Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos aos espíritos;

As moedas: no final da festa, as moedas devem ser recolhidas para serem doadas aos necessitados;

Os bilhetes: os bilhetes com pedidos devem ser incinerados para que os pedidos sejam atendidos mais rapidamente, pois se elevarão através da fumaça.

A aranha: simboliza o destino e o fio que tecem suas teias, o meio, é o suporte para seguir em frente;

O morcego: simbolizam a clarividência, pois eles vêem além das formas e das aparências, sem necessidades da visão ocular. Captam os campos magnéticos pela força da própria sensibilidade e energia.

Gato preto: símbolo da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade.

Geralmente o Halloween é mais difundido em países de língua anglo-saxônica, os países de língua hispânica não celebram essa festa, mas sim o Dia dos Mortos. No Oriente Médio esse período é marcado pela tradição e crendice popular.

Na Espanha também é comemorado o Dia de Todos os Santos, assim como o Brasil. No dia de finados, as pessoas homenageiam seus entes queridos que já faleceram levando flores aos túmulos.

Na Irlanda, os adultos comemoram construindo fogueiras e as crianças andam nas ruas pedindo “Gostosuras ou Travessuras”.

No México, comemora-se no dia 10 de novembro o Dia dos Inocentes, no qual é celebrada a memória de crianças mortas antes de serem batizadas. O Dia dos Mortos é celebrado no dia 2 de novembro e é bastante difundido no país, e as pessoas festejam o dia levando aos túmulos tudo o que o falecido mais gostava. No dia que antecede o evento, reúne-se parentes e amigos para comer e beber.

Na Tailândia, é realizado todos os anos o Phi Ta Kon, que é celebrado com músicas e desfiles acompanhados pela imagem de Buda. Segundo a lenda, neste dia os fantasmas e espíritos circulam entre os homens. Essa festividade acontece no primeiro dia das festas budistas.

Trick or treat?

Clique aqui para acessar mais posts de Halloween

Tags:

Comments Closed

  1. Daniele - 31/10/2011

    Se tiver algum erro bizarro de ortografia me avisem, fiz esse post de madrugada e não revisei.

    Daniele

  2. Beauty and Brains - 31/10/2011

    POST: Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data http://t.co/IjxfDGED #Halloween

  3. Qashqai Urban Life - 31/10/2011

    ¡Que tengáis un buen #Halloween! Os dejamos con algunas de las curiosidades sobre este día tan terrorífico: http://t.co/7SfujHbG

  4. Simone Fachinelli - 31/10/2011

    Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data http://t.co/VEWhcDv1

  5. babi - 31/10/2011

    Dani, você falou da espanha duas vezes.

  6. Beauty and Brains - 31/10/2011

    POST: Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data http://t.co/IjxfDGED

  7. Nanda - 31/10/2011

    Nossa adorei saber um pouco mais sobre o Halloween, que pena que aqui no brasil não costuma se comemorar o Halloween, seria legal né assustar pessoas no meio da noite na rua, ir em festas fantasia… pedir doces kkkk

  8. Fernanda - 31/10/2011

    Amei esse especial que vc fez esse mês, pena que o Halloween já vai acabar =/ Mas seus posts assim são ótimos, adorei!! Espero que vc faça mais!!
    Beijos

  9. Giuliana - 01/11/2011

    Queria ter comemorado, não fiz nada porque eu tinha aula ¬¬
    Da outra vez eu e minha mãe fizemos camarão na moranga (hehe), sangria (bebida, rs), decoramos a casa, fizemos um ritual simples no caldeirão e saímos na rua à noite levando o Jack O’Lantern, feito de abóbora de verdade! Que saudades =/

  10. Mell Simas - 04/11/2011

    Dani vc curte Matanza?

    A parte que fala do Jack ‘o’ lantern me lembra aquela música Wisky para um condenado do Matanza. Meio viagem, mas lembra…

  11. Beauty and Brains - 18/02/2012

    Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data http://t.co/EKjjbmbu #BeautyAndBrains

  12. Danielle - 01/03/2012

    Hello!
    Eu amo o Halloween, desde pequena. Sempre gostei dessas coisas meio surreais hehe
    Lembro que uma vez na 3ª série a professora de inglês pediu pra cada um de nós levar um conto sobre o halloween, e eu levi esse do Jack O’ Lantern :)
    Uma pena aqui no Brasil as pessoas não celebrarem ele tanto. Td bem que não tem nada ver com a cultura daqui, mas sempre arranjo uma festa pra cola! haha
    bj

  13. Beauty and Brains - 01/03/2012

    Happy Halloween: História, lendas, significados e curiosidades sobre a data http://t.co/EKjjbmbu #BeautyAndBrains

  14. Jessica - 11/09/2012

    Nuuuz adoreii essa matériia , parabeeéns !

  15. Sophia - 04/10/2012

    eu adorei pq eu precisava fazer um trabalho de hallowen da escola e fiz para varios amigos tambem

  16. cart - 07/10/2012

    muito massa!!!!!!

  17. mayla caroline - 11/10/2012

    muito looooooooooooooooooooooocu!!!!!!!!!!!!!!!!!
    irradoooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!

  18. mayla caroline - 11/10/2012

    adorei de mais,muto legal.

  19. Fabio - 18/10/2012

    se as bruxas forem assim mesmo eu queria tar nesse tempo aí rsrsrsrs

  20. Fabio - 18/10/2012

    se as bruxas for assim mesmo eu queria tar nesse tempo aí rsrsrsrs

  21. jeeh - 19/10/2012

    ameiiiiiiii me ajudo mtu

  22. enzo - 25/10/2012

    eu tenoh que fazer um trabalho disso

  23. jakeline monyke - 25/10/2012

    adoreiiiiiiiiii

  24. camyla - 29/10/2012

    nossa…eu adoroooo halloween acho alucinante curioso pros corajosos………………

  25. Maria Luiza B. Cabral - 30/10/2012

    Adorei esse site, e pude fazer meu trabalho de Inglês.Nossa! Graças a esse site o meu vai ser o melhor trabalho da minha turma! xxxooo

  26. heloisa - 30/10/2012

    oi meu nome e heloisa tenho duvidas porque falam quem e bruxaria walloween ou nao e fala verdade esta bem quem for a pessoa esta lendo e serio me responde primeiro por favor…:>

  27. Joice - 30/10/2012

    Adorei ! Foi muito bom para o trabalho da escola.. =)

  28. O Halloween! - 31/10/2012

    [...] Fonte: http://www.beautyandbrains.com.br/2011/10/happy-halloween-historia-lendas-significados-e-curiosidade… [...]

1