O que rolou no Metal Open Air

O que era pra ser “o maior festival das Américas”, acabou se tornando o maior FIASCO das Américas. O Metal Open Air, evento produzido pela Negri Concerts e Lamparina Produções, foi confusão do início ao fim: bandas cancelando por falta de cachê, passagens e contratos, galera do camping dormindo em estábulos e tomando banho na área reservada para os cavalos beberem água, segurança praticamente zero, propaganda enganosa em relação a estrutura do evento… Enfim, toda uma cena foi manchada.

Se você está meio perdida no assunto e ficou off o final de semana, separei os “melhores” links sobre o festival para fazer esse post. Vai lá preparar a pipoca porque que tem muito absurdo pra você ler aí embaixo.

Ah, e não esqueça de colocar uma trilha sonora. Eu recomendo o hino do festival, “At MOA” (sim, a letra é em inglês), na voz do nosso paladino do metal nacional Thiago Bianchi, que pode ser ouvida aqui.

Festival Metal Open Air começa sem shows e sem comida [G1]
Organização culpa Megadeth por atraso em shows [G1]
Enquanto as bandas cancelam os shows, um dos produtores do Metal Open Air tira onda [Collectors Room]
Edu Falaschi posta mensagem no twitter após show [Whiplash]
Edu Falaschi e Thiago Bianchi: hipócritas do metal nacional [Whiplash]
Metal Open Air: a maior derrota de nossa história [Whiplash]
O festival de atrocidades e desrespeito do Metal Open Air [Collector’s Room]

A tão comentada “Churrascaria Madbutcher”

Camping no estábulo faz público reclamar de estrutura e mau cheiro [G1]
Produtor admite ‘serviço péssimo’ e falta de dinheiro para cachês do MOA [G1]
Governo do Estado nega responsabilidade com patrocínio para o MOA [O Imparcial]
Som ruim e interrupções marcam show curto do Megadeth no MOA [G1]
Público reclama de furtos no festival Metal Open Air [G1]

“A Casa Caiu”, diz João Gordo [Van do Halen]
Dani Nolden fala em entrevista exclusiva sobre o MOA [Rock Express]
Roosevelt Bala, do Stress, desabafa sobre o Metal Open Air
Consumidores lesados em festival podem ser ressarcidos, diz Procon [G1]
João Gordo “elogiando” produtores do MOA em twitter [Whiplash]
Aquiles Priester fala sobre acontecimentos no Metal Open Air [Whiplash]
Mais problemas após o cancelamento do MOA [Imirante]
Últimas palavras de Edu Falaschi sobre o MOA [Whiplash]
MOA: Um guia para você saber quais são os seus direitos e que ações pode tomar judicialmente [Collector’s Room]
Produtores são os grandes responsáveis pelo fracasso [Whiplash]

“Sinalização” utilizada no camarim do Megadeth. Segundo Felipe Andreoli (Angra/Almah), era o mais glamouroso do festival.

E você acha que foi ‘só’ isso? Não foi não. Agora é com você, Datena:

Após fracasso, produtor de festival diz ter sido sequestrado e agredido [G1]
Produtor diz que sofreu sequestro e agressão [Terra]
Nota da Lamparina sobre o cancelamento do festival [Whiplash]
Negri Concerts: nova nota sobre problemas no Metal Open Air [Whiplash]
Lamparina Produções: carta sobre o Metal Open Air [Whiplash]
Fãs do Metal Open Air estão sendo tratados como indigentes, diz promotora do Maranhão [UOL]
Bard’s Night: promotora receberá fãs do Metal Open Air [Whiplash]

E algumas das notas oficiais publicadas pelas bandas:
Nota oficial Blind Guardian
Nota oficial Rock & Roll All Stars
Nota oficil André Matos
Nota oficial Ratos de Porão
Nota oficial Headhunter D.C
Nota oficial Unearthly
Nota oficial Terra Prima
Nota oficial Stress
Nota oficial Attomica
Nota oficial da equipe do filme Brasil Heavy Metal

Os vídeos abaixo valem a pena serem vistos. Pompeu (Korzus) lavando a alma da galera!

VALEU KORZUS!!! ORGULHO NACIONAL!!!

Por hora, é isso. Caso saia mais notícias e reviews, coloco nos ‘Links da Semana’.

Fotos e montagens retiradas do Facebook

Daniele Hoffmann

Daniele Hoffmann, também conhecida pelo pseudônimo Corpse, é blogueira de beleza desde 2009. Trabalha como taróloga profissional e leva seu blog como hobby.

Você também pode gostar

Comments Closed

47 Comentários

  1. Opinião pessoal: para quem está pensando em trocar a pulseira do MOA (que é uma das provas de que vc foi ao fest) no ingresso da The Bards Night, sugiro que leiam novamente a matéria da Collector’s Room: http://collectorsroom.blogspot.com.br/2012/04/metal-open-air-um-guia-para-voce-saber.html

    http://www.cafecomblogueiros.com.br/wp-content/uploads/2012/04/Selo-Bino-de-Cilada2.jpg 😉

    E também gostaria de deixar registrado aqui que eu não vou apoiar nem divulgar mais nenhum show produzido por essa empresa.

  2. Que ABSUUUUUUUUURDOOOOOOOO!!!!!!!!!!! Eu fiquei Off esse FDS e tava completamente por fora dos babados. Que total falta de respeito, não tenho nem palavras!!! Afff….

  3. Cara, sério, eu não fui no MOA e juro que to quase chorando com isso tudo, de indignação, decepção, tristeza mesmo. Eu imagino o povo q foi até la, na certeza que ia ver algo foda. É triste demais, porque muita banda vai pensar mais de 2x antes de voltar ao Brasil. O que era pra ser um marco no metal brasileiro, é um grande fiasco, uma vergonha. Descaso é pouco…

  4. Aliás, Dani, tu chegou a ir lá?


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 22:08
    respondeu:

    @Letícia, cara, eu tive um imprevisto no final do ano e tive que escolher entre ir pro MOA (que daria um pouco mais de R$2.000 com a excursão, fora os gastos que eu teria lá com comida e tal) ou dar entrada na minha camera nova, pq a velha tinha quebrado. Como a camera era algo urgente, decidi deixar o MOA de lado com muuuuuuuita dor no coração, pq eu queria muito ir ver o Venom.
    Hoje em dia eu levanto os braços pra cima e digo glóriaglóriaaleluia por não ter ido! haha


    Letícia Metal
    abril 25th, 2012 em 00:34
    respondeu:

    Sorte tua, né? Não adianta, negócio é investir no Wacken mesmo, porque infelizmente Brasil ainda não tem seriedade suficiente pra um festival desses…

  5. E pensar que quando começou todo o “auê” pro Festival eu queria ir, vergonha de ser Brasileira. Depois ninguém sabe porque o Metal não é valorizado no Brasil…

  6. Essas pessoas que trocaram pulseira pelo ingresso do Blind Guardian e Grave Digger porque só querem saber das bandas e não se importam em quem está trazendo, são as mesmas que compram objetos na feira do rolo. Afinal, o que vale é o objeto, né? Não importa se foi o ladrão que trouxe ou não. Cambada de babaca.

    BOICOTEM ESSA EMPRESA! NOSSA CENA NUNCA VAI MUDAR SE CONTINUARMOS APOIANDO ESSES PRODUTORES, QUE SÓ ATRAPALHAM O TRABALHO DE GENTE HONESTA!


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 22:03
    respondeu:

    @Luciana, se eu pudesse, destacaria esse seu comentário em amarelo neon.
    Apoio totalmente e sou MUITO a favor do boicote. Além dessa confusão do festival (e o Grave Digger que também foi uma merda, o pessoal disse que o show começou mais cedo e tava vazio, muita gente perdeu o show), os caras são uma aula de arrogância.

  7. Quando a galera criticou o evento que seria realizado no Maranhão, por conta da estrutura e distância, muita gente se ofendeu, mas acabou rolando o evento e foi esse fiasco. Faltou comprometimento de uma produtora que teve problemas de liquidez e da própria falta de organização. Problemas de liquidez seria fácil explicar porque era óbvio que muita gente ia mesmo deixar de ir por conta da distância e estrutura do lugar, mas a falta de escrúpulos dos produtores é uma coisa que não dá pra explicar! Principalmente a falta de vergonha na cara de queimar o filme de eventos de Heavy Metal em nosso país.

  8. Perdi minha pulseira. Camareira do hotel varreu pro lixo. Mas ainda tenho o e-ticket. Impresso no nome do namorado. Mas tá lá. Comprovante de passagem. Tudo pra impetrar uma ação contra as empresas organizadoras. Triste. Tágico. Mas mais trágica foi a situação dos amigos do camping com todo aquele desconforto. Amigos que economizaram meses! Economizaram desde o ano passado pra estar lá! Não saíam. Só trabalhavam! Só pra conseguir pargar ingresso, comprar passagem… E passar por isso? Absurdo.

    Cara… Mesmo o organizador da lamparina tendo dado a cara a tapa,tendo feito a carta aberta, tendo sido o único a ter coragem de subir no palco pra dar satisfações, sendo vaiado e os caralhos a quatro… sinto muito. Não tenho pena. Eu vou correr atrás dos mus direitos. Fui lesada. Tenho amigos que foram lá pra ver duas ou três bandas, outros pra assitir uma única banda em especial. E chegar lá e ter um sonho tirado dele… A banda tava na cidade… e não toca… pq tá tudo desorganizado… ÉGUA! Com todo o respeito, Dani… Quero mais é que tomem no c*!


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 22:21
    respondeu:

    @Nalu, cara, corra atrás dos seus direitos mesmo!!! Só uma indenização por danos morais já vai arrancar um bom dinheiro desses organizadores de m*rda.


    Sabrina H.
    abril 25th, 2012 em 02:11
    respondeu:

    Dani, eu concordo totalmente que o pessoal deve correr atrás e buscar os seus direitos. No entanto, fico pensando: como, raios, esses produtores de merda vão arcar com todos os processos (que, individualmente, ja são de valores altíssimos. Imagine a soma)???

    Me atrevo à dizer que esses babacas vão sumir do mapa, criar outro CNPJ e colocar em nome de laranjas, para assim sugar o povo novamente…

    Tem muito disso por ai… É desanimador =(

  9. E mais: apesar de eu estar em boa companhia, e ter valido a pena pela putaria com os meus amigos, pela diversão… porra… no final… Eu tenho que dizer que eu até fico com VERGONHA de dizer que eu fui. É uma vergonha ver o Brasil representado por uma produção dessas. Metal nacional foi realmente manchado por esse evento.

    CARA… Era pra ter adivinhado. Quanto a galera estava embarcando, soubemos do cancelamento do venon pelas rede sociais. A gente tentou ter fé e acreditar que seria um fato isolado. Mas daí pra frente… Só desandou.

  10. VERGONHA!
    Nada pode descrever melhor o que todos os metaleiros do país estão sentindo agora.
    Espero sinceramente que essas duas produtoras se ferrem muito com tudo isso,por que foi um desrespeito, tanto com o público,quanto com as bandas.
    Um festival desse deveria servir pra divulgar (de forma positiva) e fortalecer a cena brasileira,tanto aqui quanto lá fora.Mas ao inves disso,eles a mancharam.
    Tenho muita pena do pessoal que foi com o maior entusiasmo pro festival e acabou passando por tudo isso.

  11. porra, faltou pouco, pouco, pouco quase nada pra eu comprar o ingresso! mas daí vi o show daa roxette e, né, baladinhas 80s têm um lugar mais do que especial no meu coração. porra, eu seri o ódio em pessoa agora…

  12. Não sei se dou risada ou choro viu Dani…

    E o fato de culparem o Megadeth?

    Gente, a banda é extremamente disciplinada! Não estamos falando de um grupinho musical cheios de moleques, os caras tem quase 30 anos de chão…

    Oh palhaçada viu!

    Adorei seu post.

    Abraços


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 21:58
    respondeu:

    @Daniela, pois é. “A culpa toda é do Mustaine!”, hahaha… Tem que rir pra não chorar mesmo!!!


    Nalu
    abril 25th, 2012 em 14:12
    respondeu:

    Corre por aí que se não fosse a equipe de som do Megadeth, os show de sexta feira não aconteceriam. E o cara vem dizer que a culpa é do nosso querido pato rouco com cabelo de miojo… Sacanagem!

  13. Como diria o Chavinho: Teria sido melhor ver o filme do Pelé!!! Que tristeza 🙁

  14. Vergonha alheia!
    Falta de organização ABSURDA!

    Menos pontos pro Brasil e mais prejuízo para nós, que apenas queremos ter a oportunidade de assistir as bandas que gostamos.

    PQP! Sem comentários…

  15. A idéia era tão boa…

    Mas vamos dar a volta por cima, um dia teremos um mega evento de metal, mas sim, estou com vergonha…

  16. E pensar que eu fiquei tão empolgada com esse festival….eu sinto muito pelos que foram e passaram por essa terrivel situação!!!!!!
    Espero que o produtores que causaram todos esses danos paguem caro,pois com certeza eles foram responsaveis por danos morais,financeiros e o pior de tudo transformaram em pesadelo o sonho de muitos metalheads.

  17. Nem vou comentar… se eu disser “eu avisei” vou ser linchada aqui de novo, né?


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 21:57
    respondeu:

    @Bia, o comentário foi pra mim? Não entendi.


    Bia B
    abril 24th, 2012 em 22:00
    respondeu:

    Não, Dani… foi pra galera q me massacrou qdo eu disse, no seu post sobre o MOA no ano passado, q eu achava q valia muito mais a pena ir no Wacken original, q a grana necessaria era quase a msm, e q brasileiro tem complexo de viralata… 🙂


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 24th, 2012 em 22:12
    respondeu:

    @Bia, ah sim. Eu tinha entendido que eu tinha te linxado, aí me assustei aqui. 😛


    Bia B
    abril 24th, 2012 em 22:15
    respondeu:

    Ehehehe, sorry pelo susto! 😛

  18. É complicado, vejo o sonho de mta gente ser massacrado por isso.
    Mas já a um bom tempo, eu tava falando para os meus amigos que pensavam em ir para não irem, pois eu tenho contato com o mundo da produção de shows e eu sabia que algumas merdas estavam ocorrendo lá dentro. O planilia de gastos já estava MTO ACIMA da renda disponivel para a realização, mas achei que, talvez, rolasse uma renda de uma outra fonte, mas pelo visto, foi uma falta de planejamento mesmo, eu achei que uma bomba ia explodir e acabar com o evento mesmo, mas não esperava que fosse dessa forma.

  19. fui acompanhando algumas coisas …. acho que não tem mais nada a ser declarado sobre tamanho fiasco, fica a vergonha e o fato de que a cena metal brasileira com certeza foi manchada.
    Eu lembro que antes do festival começar as coisas não estavam montadas ainda (junto com aquele rolo da liberação do aval dos bombeiros) e alguém na reportagem alegou: “ainda não estão prontos porque não contávamos com essa chuva toda!!”
    PORRA ninguém foi capaz de pesquisar as condições climáticas do local??? Já por aí percebi que é o tipo de detalhe pequeno que faz toda diferença e comecei a acompanhar os probleminhas isolados, que juntos causaram tamanha avalanche.
    Sabe que eu nem estava sabendo dessa banda rock n roll all stars, se eles tocassem iria ficar chateada por não ter ido e mais ainda por não ver o Charlie Sheen kkkk … mas COM CERTEZA lá não seria a oportunidade ideal de qualquer modo.
    :-***

  20. o glitterinadas tá um liiixo ein? como pode, um blog que eu amei tanto tempo ficar desse jeito. aff dani, dá um jeito nissooo kkkk


    Daniele Hoffmann Daniele
    abril 25th, 2012 em 15:43
    respondeu:

    @Mayara, não tenho mais ligação com o Glitterinadas, desculpe.

  21. Eu to mto triste pq AMO o metal e sou maranhense de coração e a falta de responsabilidade desses produtores foi terrivel,comprometeu a imagem do Brasil e mais ainda, a imagem do Maranhão,vejo com tristeza algumas pessoas culpando o Estado em si,pq eh do nordeste e isso e aquilo,já ouvi até que não temos cultura pra isso,pow nós tbm fomos prejudicados,eu não pude ir ao festival mas amigos meus foram e passaram o maior perrengue!Humilhação imensa. Faltou planejamento pq o local não era apropriado,acho que temos outros locais,faltou logítica,comprometimento e mais importante,seriedade,tudo isso condenou o MOA ao fracasso. Espero que isso se reverta com o tempo, em termos de banda temos expoentes maravilhosos por aki,mas tbm sonhamos com os grandes clássicos.:*

  22. Desde o início começou estranho, fingindo ser Wacken e tal. Mas todo mundo empolgou (eu tô até hoje louvando que não peguei dinheiro emprestado pra ir nessa merd*) e os planos foram os melhores. Acho até que a diversão dos planos foi a única coisa boa nisso tudo!

    Tomara que role alguma ideia de festival assim em SP, onde a coisa realmente iria funcionar e que seja tudo lindamente bem feito. A imagem do Brasil ficou queimada, toda banda agora vai pensar muito antes de vir.
    É claro que é plano ir no Wacken, no Hellfest, Bloodstock e tal. Mas ter um festival desse nível aqui no Brasil, além de ser ótimo pro próprio país, será um presente pras nossas bandas mesmo (que iam tocar no MOA ao lado dos ‘grandões’) e uma valorização da cena metal nacional.
    A mesma vontade que tenho de ir nos fests de fora, tenho de ir num aqui dentro comparável a eles!
    O Brasil não merece esses produtores de merd*! Boicote apoiado! \o/

  23. Acompanhei tudo sobre o MOA pelas notícias, além de conversar por celular várias vezes com um amigo que estava no MOA, e o estranho era que eu sabia das notícias sobre cancelamentos de bandas e do eventos antes mesmo dele!

    Muita falta de respeito com quem estava lá,já que eles deveriam ter acesso primeiramente as informaçoes e notas oficiais, não sites de notícias.

  24. Cara, faz um tempo que vejo teu blog mas nunca tinha comentado.
    Agora que vi esse post sobre o MOA (estava até no mesmo camping que essa menina da entrevista do Jornal da Globo) digo o mesmo que disse lá: foram os 6 melhores dias da minha vida!
    Não por causa das bandas (se bem que vi Symphony X, Megadeath e Destruction!)mas por causa da união dos metalheads! No primeiro dia o pessoal do camping já parecia irmão e amigo de longa data e assim permaneceu até todos voltarem para suas casas!
    O show do Korzus lavou a alma de todos, que assim como eu, estavam arrasados!
    O pessoal da Negri e da Lamparina não acabou só com um show não, eles acabaram com muitos sonhos de infância como eu de ver Blind e Grave tocando juntos!
    Agora todos nos vamos colocar eles na justiça e torcer para que o dinheiro da idenização der para ir ao WOA!

    abraços! o/

  25. É muita sacanagem de quem promoveu esse evento, no Brasil quem curte metal não tem vez mesmo, o Rock In Rio até pode ter dado certo, mas nunca pode ser chamado de festival de rock porque dava pra contar nos dedos as bandas de rock que realmente tocaram lá. Não é interessante para a mídia mostrar shows de metal e sim shows de cantoras pops que vendem cds e tocam nos rádios. Isso tem que mudar, porque mesmo não sendo uma preferencia nacional é um direito de quem curte rock poder realizar seu sonho e ver sua banda favorita no Brasil, sem ter que se frustar e voltar pra casa de mãos abanando.

  26. gente que horror isso aí! eu não sabia que tinha sido esse fiasco… meu sonho é ir no Wacken *-* só falta (MUITA) grana huauauhuahhuauaua