Dia Internacional da Mulher: 7 bandas com vocal feminino que você precisa conhecer

Em 2013 eu fiz um post especial do Dia Internacional da Mulher indicando 5 boas bandas brasileiras com mulheres no vocal (clique aqui para ler).

Como essa postagem é bem antiga (6 anos!), nada melhor que dar uma atualizada, né? Hoje eu vou indicar pra você as minhas 7 bandas favoritas com vocal feminino.




7. BITCH

O Bitch é uma banda norte-americana de heavy metal formada em meados de 1980, comandada pela Betsy Weiss. A banda ficou conhecida na cena por causa das apresentações ao vivo bastante teatrais, inspiradas no visual sadomasoquista / bondage, tema que era muito visível em suas letras e no visual.

Apesar do álbum “Be My Slave” ser o mais conhecido e amado pelos headbangers, o meu preferido é o “The Bitch is Back”, que é com uma pegada mais light e comercial. Se você gosta de um heavy mais cru, ouça o debut.

6. HEART

Quem aqui não conhece a clássica Barracuda? Até a geração mais nova provavelmente conhece, já que essa música entrou para o jogo Guitar Hero 3.

O Heart é uma banda americana de rock formada nos anos 70 pelas irmãs Ann e Nancy Wilson. Além de Barracuda, as músicas mais famosas delas são “Alone, “What About Love”, “Barracuda”, “Crazy on You” e “These Dreams”.

Ano passado saiu uma matéria de que elas iriam voltar. Vamos aguardar!

5. FEMME FATALE

O Femme Fatale é uma banda americana de heavy/hard formada em 87 e tem como frontwoman a bela Lorraine Lewis. Suas músicas mais conhecidas são “Waiting for the Big One” e “Falling in and out of Love”.

Apesar de não ser uma banda muito reconhecida na cena glam, vale a pena conhecer. A banda acabou em 2013, mas voltou pouco tempo depois com um line-up só de mulheres.

4. SIGN OF THE JACKAL

Dessa nova safra de bandas de heavy metal, a Sign of the Jackal é uma das poucas que eu gosto. Formada em 2008 na Itália, a banda tem os vocais da Laura Coller.

O primeiro álbum, “Mark of the Beast”, saiu somente em 2013, mas o meu preferido é o trabalho mais recente, “Breaking the Spell”. Certamente é uma banda que promete e que vale a pena conhecer.

3. BLACKLACE

O Blacklace é uma banda americana que teve uma vida curta, formada em 1981 e com fim em 1987. Apesar disso, é uma banda muito querida na cena e também é uma das minhas favoritas.

Tiveram apenas dois trabalhos de estúdio: o clássico “Unlaced” de 84 e o “Get It While It’s Hot” de 85. O debut é sensacional.

2. PHANTOM BLUE

Formada só por mulheres, Phantom Blue é uma banda Californiana de 1987. O primeiro álbum homônimo é fantástico e eu acho que todo mundo deveria escutar.

Infelizmente, no dia 18 de maio de 2008 a guitarrista e fundadora do Phantom Blue, Michelle Meldrum, entrou em coma e faleceu 3 dias depois, devido a complicações de um crescimento cístico no cérebro. Ela tinha apenas 39 anos.

Por causa disso, a banda achou melhor encerrar as atividades. Em 2009, as meninas fizeram o Michelle Meldrum Memorial Concert, um show em homenagem a Michelle.

1. VIXEN

O posto de primeiro lugar não poderia ser de outra banda. A minha favorita de todas, o Vixen, é uma banda de hard formada apenas por mulheres no início dos anos 80. Entre indas e vindas, é uma das poucas que continua ativa até hoje! Elas venderam mais de 1 milhão de cópias e seus hits mais famosos são “Edge Of A Broken Heart”, “Cryin'”, “I Want You To Rock Me”, “Love Made Me” e “Cruisin'”.

Assim como o Phantom Blue, o Vixen também teve uma enorme perda: a guitarrista e fundadora Jan Kuehnemund, faleceu de câncer em 2013 aos 51 anos de idade.

Elas possuem 4 álbuns de estúdio: “Vixen” de 1988, “Rev it Up” de 1990, “Tangerine” de 1998 e o “Live & Learn” de 2006. Como sou fã, fica muito difícil dizer qual dos álbuns é o melhor, mas eu indicaria o Rev it Up para quem nunca teve contato com o Vixen antes. Só não recomendo o Tangerine, que eu acho péssimo.

Feliz Dia Internacional da Mulher para todas as headbangers que acompanham o BnB! =)

Daniele Hoffmann

Daniele Hoffmann, também conhecida pelo pseudônimo Corpse, é blogueira de beleza desde 2009. Trabalha como taróloga profissional e leva seu blog como hobby.

Você também pode gostar

Comments Closed