Makeup Of The D(ay)ead: Retrofuturist

Nos últimos meses eu desenvolvi um TOC de usar um batom diferente por dia em uma semana. Só posso repetir o batom na outra semana, e eu tô adorando esse TOC! Ele me fez olhar pra uns batons que eu tenho e não usava desde a época do guaraná de rolha, e outros que eu nunca tinha usado e estava esquecido em um lugar obscuro e sombrio da minha penteadeira.

E um desses esquecidos era o Retrofuturist da Lime Crime. Um vermelhão intenso, poderoso! Há muito tempo eu não usava batom cremoso, com essa onda de batom líquido e matte, acabei deixando de lado os mais brilhosos. Gloss então? Piorou! Tanto é que eu tenho vários da Maybelline aqui que eu nunca tinha nem aberto… Mas a combinação do Retrofuturist com o gloss Red Hot Pepper da linha Water Shine da Maybelline casou perfeitamente! Por baixo, passei o lápis labial Red da Maybelline, porque se passar o batom sem nada por baixo ele puxa pro rosa.

bnb1

Eu normalmente não curto gloss e aquela sensação comi-frango-frito, mas esse da Maybelline foi uma surpresa MUITO boa! Ele não é tão grudento nem pegajoso como a maioria que vemos por aí, mas mesmo assim ele deixa aquele efeito molhado incrível. É muito confortável de usar!

bnb2

Também ressuscitei um lápis para olhos que eu nem lembrava mais que existia: um suuuper velho da Natura, que eu sinceramente nem sei mais se tem pra vender. Preto, macio e não borra! <3

Na pele eu estou usando a base Super Stay da Maybelline, bacanérrima e muito útil nesse calorão porque ela é resistente à umidade e transfere menos que as outras bases da marca (alô Dream Matte Mousse!). O corretivo é o Studio Finish da MAC, que não casou muito bem porque acumulou nas minhas linhas depois de algum tempo. O pó é o Extralasting da Avon, tem cobertura suave e gosto bastante de usá-lo durante o dia.

bnb3

O rímel é o Big & Impact da Avon, o melhor rímel de TODOS (melhor que Colossal, sério), o blush é o Lume da Tracta e nas sobrancelhas usei a sombra do meu kit da NYX. O tom que eu usava infelizmente acabou (usei muuuuito), então estou usando esse que é um marrom mais claro.

Ah! E o brinco é da Alchemy Gothic! <3

Produtos usados na maquiagem de hoje:
– Base Super Stay da Maybelline
– Corretivo Studio Finish da MAC
– Pó Extralasting da Avon
– Lápis para olhos preto da Natura
– Batom Retrofuturist da Lime Crime
– Gloss Water Shine cor Hot Red Pepper da Maybelline
– Máscara para cílios Big & Impact da Avon
– Blush Lume da Tracta
– Sombra para sobrancelhas NYX

Continue Reading

Testei: Polpa Hidratante Para Mãos de Castanha da Natura

AMO AMO AMO e AMO! =D

 Segundo a Natura, “a polpa de castanha oferece uma hidratação nutritiva às suas mãos e unhas. Enriquecida com óleo de castanha, esta polpa com textura incorporada, oferece alta proteção à pele, deixando-a mais macia e suave ao toque, além de oferecer fortalecimento às unhas. Hidrata por 24 horas”.

Sempre tive vontade de experimentar esse hidratante, desde que vi a linda (e sumida! :() Karlinha comentando em um de seus vídeos. Mas eu sempre acabava deixando pra lá, já que eu não tinha o costume de hidratar as mãos.

Só que eu estou alérgica com tudo ultimamente e tenho que ficar o tempo todo limpando as mãos com álcool gel, e esse tipo de produto acaba ressecando bastante as mãos… Aí não teve como, tive que comprar um hidratante! 🙂

Eu já havia usado o hidratante de macadâmia (também da Natura) mas não curti muito não… Mas esse de castanha é maravilhoso!!!

O produto é bem concentrado, mas espalha super bem. O cheiro é suave e não incomoda.
Eu só não gosto muito da embalagem, parece uma pasta de dente, quando o produto estiver acabando com certeza vai ser difícil de tirar o restinho do creme lá de dentro. ;_;

As mãos ficam uma delícia e super macia por horas!!! *o*
Esse é um dos melhores produtos que já comprei e indico de olhos fechados pra todo mundo, porque é bão demais! Vale a pena! =)

Nota: 5/5

Eu paguei cerca de R$20 na revistinha da Natura. =)

Continue Reading

Testei: Shampoo Controle de Oleosidade da Natura Plant

Como eu disse no post do shampoo Hidratação Profunda da Tressemé, o meu cabelo é muito oleoso (tão oleoso que meus piolhos morreram todos de colesterol alto na mesma praça, no mesmo banco…) na raiz e eu não posso usá-lo sempre, se não enseba mesmo. Como eu precisava de um shampoo anti-oleosidade com urgência, pedi para a minha mãe comprar qualquer um baratinho que ela achasse por aí, e ela me trouxe o Controle de Oleosidade da Natura Plant. Fiquei bem animada pra usar, já que eu nunca tinha testado nenhum produto capilar da Natura.

”Natura Plant Controle de Oleosidade. Uma combinação de extrato de Moringa e agentes reguladores de oleosidade, que purificam o couro cabeludo e controlam a oleosidade desde a raiz, deixando os cabelos leves, soltos e limpos por mais tempo.”

Eu já imaginava que eu não ia gostar do cheiro porque não gosto dessas coisas ”eco” e com cheiro de mato, mas não imaginei que fosse tão ruim. Nossa, péssimo! Até na mão essa desgraça fica, arrrg!!!!! Tenho que usar um condicionador bem cheiroso e um perfume capilar depois de usá-lo. Mas isso é bem pessoal, tem gente que gosta.

Achei ele muito suave. Tão suave que não limpou nada! Tenho que usar pelo menos 4 vezes. Não é um shampoo que vai durar muito, já que tenho que usar uma boa quantidade no meu cabelo.

O único ponto positivo que encontrei, é que ele não resseca absolutamente nada. Mas, não limpou. 🙁 Pelo menos não foi um grande desperdício de dinheiro, já que ele custou aproximadamente R$9.

Nota: 1/5

Li outras resenhas e a maioria são positivas, parece que só com o meu cabelo (e com o da minha mãe) que não rolou. Se você já usou esse shampoo e quiser dar a sua opinião, basta escrever aí nos comentários. 😉

 

 

 

A partir de hoje, todos as resenhas de produtos que não são testados em animais serão identificados com o “Selo Bigodes de Qualidade”, assim facilita a vida de quem só compra produtos cruelty free. Produtos que são testados em animais ou os que eu não tiver certeza se são testados ou não, não estarão com o selo.

Continue Reading